Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Bruno de Carvalho: Medidas de coação conhecidas a qualquer momento

O ex-presidente do Sporting Clube de Portugal e o líder da Juventude Leonina chegaram ao tribunal cerca das 09h00, mas a greve parcial dos funcionários judiciais obrigou ao adiamento da leitura das medidas de coação.

Bruno de Carvalho: Medidas de coação conhecidas a qualquer momento
Notícias ao Minuto

09:01 - 15/11/18 por Patrícia Martins Carvalho 

País Tribunal do Barreiro

Quatro dias depois de terem sido detidos, Bruno de Carvalho e Nuno Mendes, mais conhecido por Mustafá, vão hoje conhecer as medidas de coação decididas pelo juiz.

A leitura das mesmas deveria ter sido feita ontem, mas os interrogatórios atrasaram-se e o juiz de instrução criminal, Carlos Delca, considerou que o mais adequado seria adiar a decisão para hoje, depois de alguma ponderação.

A expetativa é grande. Até ao momento, Carlos Delca deu sempre seguimento aos pedidos do Ministério Público e, prova disso, é o facto de estarem 38 dos 43 arguidos estarem em prisão preventiva, pese embora as defesas tenham apelado a uma prisão domiciliária.

O juiz marcou para as 10h00 de hoje a leitura das medidas de coação. Porém, o facto de estar a decorrer a greve parcial dos funcionários judiciais, obrigou a que a leitura fosse adiada para as 11h00. Pelas 11h20 ainda não havia novidades.

Bruno de Carvalho e Mustafá estão acusados de 56 crimes: dois crimes de dano com violência, 20 crimes de sequestro, um crime de terrorismo, 12 crimes de ofensa à integridade física qualificada, um crime de detenção de arma proibida e 20 crimes de ameaça agravada.

[Última atualização às 11h20]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório