Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

A curiosidade quase matou o gato, mas o "INEM trouxe-o de volta"

Técnicos e veterinários uniram esforços para conseguir salvar um gato bebé da morte certa.

A curiosidade quase matou o gato, mas o "INEM trouxe-o de volta"

O “choro” e os “gemidos intensos” chamaram a atenção dos técnicos do Instituto Nacional de Emergência Médica que trabalham na sede do INEM, em Lisboa.

Há já três dias que um gato bebé estava preso numa conduta na Rua Almirante Barroso. Sem comida, nem bebida, o animal chamou a atenção pelos seus mios que denotavam sofrimento.

Preocupados e empenhados em salvar mais uma vida, os profissionais do INEM montaram uma “mega operação de resgate” com o intuito de impedir que o gato morresse, tal como se pode ler no Facebook do instituto médico nacional.

A missão foi concluída com sucesso e, assim que o animal foi retirado da conduta, tinha “uma equipa de profissionais dedicados preparada para lhe prestar todos os cuidados de saúde necessários”. Mas não só, até porque o “gatinho” também precisava de “comida e muitos, muitos mimos”.

Salvo e de barriguinha cheia, o gato teve direito a um simbólico batizado que oficializa a sua adoção por parte dos profissionais do INEM: “O nosso gato chama-se Codu”.

De referir que CODU é a sigla referente aos Centros de Orientação de Doentes Urgentes, que são as centrais onde as chamadas de emergência médica feitas para o 112 são atendidas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório