Meteorologia

  • 22 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Ala pediátrica do S. João: "Ministra não dormirá tranquila"

A ministra da Saúde afirmou hoje que não dormirá tranquila enquanto o problema da nova ala pediátrica do hospital de São João não estiver resolvido, mas não se compromete com datas e rejeita a possibilidade de um ajuste direto para a obra.

Ala pediátrica do S. João: "Ministra não dormirá tranquila"
Notícias ao Minuto

17:36 - 06/11/18 por Lusa

País Declarações

"[A nova ala pediátrica do São João] é um tema que merece do Ministério da Saúde um incondicional respeito pelas crianças e pelos seus pais. A ministra da saúde não dormirá tranquila enquanto este problema não estiver resolvido", afirmou Marta Temido hoje no Parlamento, no debate da proposta de Orçamento do Estado para 2019 da área da saúde.

Contudo, a ministra não se comprometeu com datas quanto ao avanço da obra, indicando que "não é possível lançar um procedimento concursal sem ter a revisão do projeto", que está em curso por parte da administração do hospital.

"Queremos uma solução rápida, mas não uma que seja pior a emenda que o soneto", indicou, frisando, contudo, que "não vale um ajuste direto".

Marta Temido falava em resposta a questões do deputado social-democrata Ricardo Batista Leite, que lembrou que há cerca de três semanas foi discutido um projeto do seu partido para que a obra da nova ala pediátrica avançasse por ajuste direto, o que acabou por ser rejeitado, com votos contra do PS.

Batista Leite lamentou a falta de respostas concretas e de prazos por parte do Ministério da Saúde e considerou que é inadmissível que as crianças passem outro inverno "naquelas condições" na ala pediátrica do São João.

Sobre a nova Lei de Bases de Saúde, também em resposta a questões do PSD, a ministra da Saúde, que está em funções há cerca de um mês, disse que a atual equipa ministerial considera que o Ministério da Saúde deve ter "o seu documento final", dando a entender que a versão da comissão que esteve a rever a lei de bases poderá não ser a final.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório