Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

"Azeredo Lopes não serviu, de forma minimamente satisfatória, Portugal"

O ex-ministro da Defesa continua a ser alvo de críticas, desta feita por parte da Associação de Oficiais das Forças Armadas.

"Azeredo Lopes não serviu, de forma minimamente satisfatória, Portugal"

A polémica em torno do reaparecimento das armas roubadas em Tacos levou à demissão do ministro da Defesa, Azeredo Lopes, que já foi, entretanto, substituído por João Cravinho Gomes.

Ainda assim, o agora ex-ministro continua a estar no centro de todas as críticas.

Para a Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA), a questão sobre Tancos foi “apenas o culminar do modo de ‘governar’ as Forças Armadas” do então ministro.

Este modo, lê-se numa nota enviada ao Notícias ao Minuto colocou em “evidência que o senhor ministro não serviu, de forma minimamente satisfatória, Portugal”.

“Esteve desatento ao que devia ter estado atento – aos militares – e não foi capaz de resolver problemas, nem sequer de os atenuar”, lê-se.

Face ao exposto, a AOFA considera que em “inúmeras situações”, Azeredo Lopes “contribuiu para o agravamento” dos problemas registados, quer tenha sido por “opção ou omissão”.

“Em suma, as suas orientações políticas, por falta de capacidade e vontade, permitem concluir que estes três anos de mandato apenas podem ser considerados como muito negativos”, considera o presidente da AOFA.

Para o tenente-coronel António Augusto Proença da Costa Mota, a Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional não pode ser afastada das suas responsabilidades, pois desde “há muitos anos e sempre sob a mesma liderança vem porfiando na ação negativa que em muito contribui para o estado a que chegaram as Forças Armadas”.

Em jeito de conclusão, o tenente-coronel defende que “mais do que uma mudança de pessoas” seja levada a cabo uma “mudança de políticas, respeitando de uma vez por todas a Condição Militar e a Constituição da República Portuguesa”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório