Meteorologia

  • 16 NOVEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 12º

Edição

Os novos ministros do XXI Governo já tomaram posse

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, deu hoje posse aos novos ministros da Defesa, da Economia, da Saúde e da Cultura, numa cerimónia na Sala dos Embaixadores do Palácio de Belém, em Lisboa.

Os novos ministros do XXI Governo já tomaram posse
Notícias ao Minuto

12:06 - 15/10/18 por Natacha Nunes Costa com Lusa 

País Palácio de Belém

Os novos ministros do XXI Governo Constitucional de Portugal já tomaram posse. A cerimónia, presidida por Marcelo Rebelo de Sousa, realizou-se esta segunda-feira no Palácio de Belém, em Lisboa.

Depois de, este domingo, o primeiro-ministro, António Costa, ter anunciado a maior e mais surpreendente remodelação do seu Executivo, a um ano das legislativas, as pastas já mudaram de mãos, depois de uma curta cerimónia, de cerca de cinco minutos

A tutela da Defesa passou assim das mãos de Azeredo Lopes para João Gomes Cravinho. Já a pasta da Saúde passou de Adalberto Campos Fernandes para Marta Temido.

Quem também não chega ao fim da legislatura é Luís Filipe Castro Mendes, que passou a pasta da Cultura para Graça Fonseca.

Mudanças ainda no Ministério da Economia. Manuel Caldeira Cabral foi substituído por Pedro Siza Vieira que já tutelava áreas da economia como ministro-Adjunto.

Já na sequência de uma alteração orgânica, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, tomou posse como ministro do Ambiente e da Transição Energética, pasta que até então estava integrada no Ministério da Economia.

Seguiu-se uma sessão de cumprimentos aos novos membros do Governo, durante a qual o primeiro-ministro cumprimentou com um abraço os quatro ministros exonerados, abraçando mais longamente Adalberto Campos Fernandes e José Azeredo Lopes.

Esta foi a terceira remodelação em termos ministeriais e a mais abrangente no Governo minoritário do PS chefiado por António Costa, realizada no dia da entrega da proposta de Orçamento do Estado para 2019 no parlamento, aprovado no sábado em Conselho de Ministros.

A maior remodelação do XXI Governo Constitucional, que tomou posse em 26 de novembro, acontece a um ano das eleições legislativas.

O primeiro-ministro promoveu estas mudanças na sequência da demissão de José Azeredo Lopes do cargo de ministro da Defesa, na sexta-feira, que teve como base os desenvolvimentos do processo judicial sobre o material militar desaparecido do paiol de Tancos e depois reaparecido.

Nos termos da Constituição, com estas alterações ministeriais cessam funções os respetivos secretários de Estado.

A posse dos correspondentes secretários de Estado, que serão entretanto nomeados, está marcada para quarta-feira, pelas 11h00, no Palácio de Belém.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório