Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2018
Tempo
24º
MIN 24º MÁX 25º

Edição

Intensificação do vento prevista para amanhã preocupa Proteção Civil

Alerta especial vermelho em sete distritos do país está em vigor até às 23h59 de quarta-feira, dia em que será feita nova avaliação das condições meteorológicas juntamente com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). A intensificação do vento poderá justificar que o alerta vermelho seja prolongado em alguns distritos.

Intensificação do vento prevista para amanhã preocupa Proteção Civil
Notícias ao Minuto

17:38 - 21/08/18 por Melissa Lopes 

País Incêndios

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) fez, esta terça-feira, um balanço sobre os incêndios no país, sublinhando que, apesar do aumento do número de fogos, até às 16h30 não havia registo de ocorrências significativas.

Apesar disso, o Adjunto Nacional de Operações Sérgio Gomes referiu que é expectável para o dia de amanhã um “incremento da intensidade do vento”, situação que poderá levar a que se prolongue o estado de alerta especial vermelho em alguns distritos.

No habitual briefing feito aos jornalistas, Sérgio Gomes disse que, até às 16h30, houve um total de 70 ocorrências, 19 das quais durante o período noturno.

As ocorrências mais relevantes das últimas 24 horas, especificou o Ajunto Nacional de Operações, ocorreram nos distritos de Braga (Lousado), Aveiro (Arouca), Lisboa (Sintra), Leiria (Pombal).

“Neste momento não temos ocorrências significativas em curso, portanto temos um período de maior acalmia”, frisou o responsável, mostrando preocupação com as previsões para o dia de amanhã.

“É expectável para o dia de amanhã o incremento da intensidade do vento. Iremos fazer uma avaliação durante a amanhã com o IPMA no sentido de aferir o que se irá passar no que se refere ao estado de alerta especial, considerando que o estado de alerta especial vermelho para os sete distritos do país vigorará até às 23h59 de amanhã, estando os restantes distritos no nível laranja”, sublinhou.

Questionado sobre se a intensidade do vento poderá justificar a continuidade do alerta vermelho, Sérgio Gomes Poderá respondeu afirmativamente. “Poderá justificar em alguns distritos”, disse, acrescentando: “O facto de, eventualmente, termos uma redução da temperatura não significa que iremos baixar o nível de alerta. É para nós mais preocupante o que se perspectiva para o dia de amanhã, a intensificação do vento, do que propriamente a temperatura”.

O responsável aproveitou ainda para reforçar que os comportamentos preventivos das pessoas são “determinantes” para o trabalho da Proteção Civil e que, nesse sentido, urge “evitar a todo o custo” comportamentos de risco.

Sobre o facto de uma parte significativa das ocorrências ter sido verificada durante a noite, Sérgio Gomes atirou: “Durante a noite terá de ser [culpa da] ação do homem e não a ação do sol”, assegurando que as autoridades estão a trabalhar no terreno também neste aspecto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório