Profissionais de saúde sofreram mais de seis mil acidentes de trabalho

Os profissionais de saúde sofreram 6.142 acidentes em 2012, a maioria dos quais ocorreu nos hospitais, que resultaram na perda de mais de 80 mil dias de trabalho, segundo o balanço social do Ministério da Saúde.

© DR
País Balanço

O documento, divulgado a propósito do Dia do Serviço Nacional de Saúde (SNS), que se assinala domingo, refere que, em 2012, ocorreram 6.142 acidentes.

PUB

Destes acidentes, 3.915 não resultaram em dias perdidos, mas como efeito de 2.221 perderam-se 80.148 dias por motivo de baixa. Neste ano, ocorreram seis óbitos.

Este balanço, elaborado pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), a que a Lusa teve acesso, indica que a maioria dos acidentes ocorreu nos estabelecimentos hospitalares (84,5 por cento).

Os acidentes registados em 2012 aumentaram em relação ao ano anterior (mais 426), o que significa um aumento de 7,5 por cento. Também os dias de trabalho perdidos aumentaram: mais 11.148 dias (mais 16,2 por cento).

O balanço agora conhecido indica que, dos 6.142 acidentes de trabalho e serviço, 2,9 por cento (71) resultaram em incapacidade permanente, 69,3 por cento (1.718) em incapacidade temporária e absoluta e 27,8 por cento (690) em incapacidade temporária e parcial.

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser