Meteorologia

  • 21 JULHO 2018
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 21º

Edição

Marcelo não quer para já falar das 35 horas semanais na saúde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, não quis hoje pronunciar-se sobre a passagem das 40 às 35 horas semanais na saúde, garantindo que irá acompanhar "com interesse e atenção" tudo o que se passa nesta área.

Marcelo não quer para já falar das 35 horas semanais na saúde
Notícias ao Minuto

20:51 - 06/07/18 por Lusa

País Presidente República

"Eu não me queria pronunciar sobre uma questão especifica do Governo, que deve saber como se gerem bens e recursos no quadro de um determinado regime legal, além do mais porque o regime legal acabou de entrar em vigor, digamos assim", disse Marcelo Rebelo de Sousa à margem da inauguração da exposição "Boa Viagem, Senhor Presidente! 100 anos da Primeira Visita de Estado", na Alfândega do Porto.

O chefe de Estado garantiu que vai acompanhar "com interesse", como acompanha sempre, "com especial atenção" tudo o que se passa na saúde.

"Mas, é cedo para qualquer pronúncia", frisou.

Desde 1 de julho, enfermeiros, assistentes operacionais, auxiliares e técnicos de diagnóstico e terapêutica passaram a cumprir 35 horas de trabalho semanais, em vez de 40, reajustamento que obrigou vários hospitais do país a encerrar camas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.