Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2018
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 15º

Edição

Foi há um ano. Em Pedrógão Grande, o dia é de homenagem às vítimas

O Presidente da República, o primeiro-ministro e representantes dos maiores partidos associam-se hoje às iniciativas para homenagear as vítimas do incêndio que deflagrou há um ano em Pedrógão Grande, Leiria, provocando 66 mortos e cerca de 250 feridos.

Foi há um ano. Em Pedrógão Grande, o dia é de homenagem às vítimas
Notícias ao Minuto

06:21 - 17/06/18 por Lusa

País Cerimónias

Na missa que será celebrada ao meio-dia na igreja matriz de Pedrógão Grande pelo bispo de Coimbra, além do chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, e do primeiro-ministro, António Costa, estará presente a líder do CDS-PP, Assunção Cristas, numa iniciativa a que associam as autarquias de Castanheira de Pera, Pedrógão Grande e Figueiró dos Vinhos.

Antes, Marcelo Rebelo de Sousa irá deslocar-se ao XI Congresso Nacional de Queimados, iniciativa bienal que se realiza desde 1997, constituindo um "ponto de encontro de todos os profissionais e doentes ligados à temática".

À tarde, pelas 15:00, o Presidente da República estará também presente na inauguração de um monumento na aldeia de Nodeirinho em honra às pessoas da povoação que se salvaram, refugiadas no tanque de uma fonte. A obra, da autoria do artista local João Viola, foi executada por voluntários e com donativos e recorda também os 11 habitantes de Nodeirinho que morreram no incêndio que deflagrou em 17 de junho de 2017.

Depois, o chefe de Estado seguirá para a sessão solene de homenagem às vítimas dos incêndios, que irá decorrer na sede da AVIPG - Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande, na aldeia de Figueira.

Ao início da manhã, em Castanheira de Pera, a coordenadora nacional do BE, Catarina Martins, também se irá associar às homenagens às vítimas dos incêndios, participando na corrida/caminhada, com um percurso de 7,7 quilómetros, promovida pelos bombeiros voluntários locais e o Sport Castanheira de Pera e Benfica, com o apoio da Associação Distrital de Atletismo de Leiria.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, não estará em nenhuma das iniciativas de homenagem programadas, mas durante a manhã fará uma visita ao quartel dos bombeiros voluntários de Pedrógão Grande e terá um encontro com o presidente da autarquia daquele concelho.

Também durante a manhã, o líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, estará em Vila Facaia para participar numa missa em memória das vítimas e numa homenagem pública na igreja paroquial daquela freguesia do concelho de Pedrógão Grande.

O incêndio que deflagrou há um ano em Pedrógão Grande (distrito de Leiria), em 17 de junho, e alastrou a concelhos vizinhos provocou 66 mortos e cerca de 250 feridos.

As chamas, extintas uma semana depois, destruíram meio milhar de casas, 261 das quais habitações permanentes, e 50 empresas.

Em outubro, os incêndios rurais que atingiram a região Centro fizeram 50 mortes, a que se somam outras cinco registadas noutros fogos, elevando para 121 o número total de mortos em 2017.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório