Meteorologia

  • 24 JUNHO 2018
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 19º

Edição

Universidade de Évora é "a primeira a concretizar" projeto U-Bike

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, congratulou-se hoje por a Universidade de Évora ser "a primeira" academia do país "a concretizar" o projeto U-Bike, que envolve a cedência gratuita de bicicletas à comunidade académica.

Universidade de Évora é "a primeira a concretizar" projeto U-Bike
Notícias ao Minuto

21:54 - 14/06/18 por Lusa

País Matos Fernandes

A Universidade de Évora "é, de facto, a primeira a concretizar o U-Bike", disse o ministro, no lançamento do projeto na academia alentejana, que arrancou hoje com a fase experimental da iniciativa, disponibilizando cerca de 20 bicicletas.

João Pedro Matos Fernandes lembrou que o projeto nacional U-Bike (U de Universidade) envolve um consórcio de 15 instituições do ensino superior do país, entre universidades e politécnicos.

"Estamos a falar de cerca de três mil bicicletas, a maior parte elétricas, destinadas ao público universitário" com o objetivo de "promover novas formas de mobilidade", como é o caso da "mobilidade suave, que não provoca qualquer emissão carbónica".

Segundo o governante, a iniciativa permite também que as bicicletas, que são cedidas gratuitamente a alunos, professores e funcionários das universidades e politécnicos, possam ser partilhadas.

"E isso é fundamental. Vivemos num mundo de recursos cada vez mais escassos em que, para podermos desfrutar do bem-estar que todos conhecemos, temos mesmo que nos preparar para deixarmos de ser donos das coisas" e "este é um bom exemplo", assinalou.

Na cerimónia, o ministro do Ambiente defendeu também que "as cidades têm, de uma vez por todas, de deixar de ser desenhadas a pensar no 'rei' automóvel e têm mesmo de ser pensadas" do ponto de vista destas "outras formas de deslocação".

Questionado sobre se considera que este meio de transporte ganhar adeptos nas cidades, João Pedro Matos Fernandes retorquiu que, "para quem não quer andar de bicicleta qualquer desculpa serve".

Mas, frisou, "para quem quer andar de bicicleta, o importante é que elas existam, que estejam disponíveis e que, com o tempo, o espaço público se vá adaptando".

Com o U-Bike, a Universidade de Évora (UÉ) vai disponibilizar 500 bicicletas - 300 convencionais e 200 elétricas -, em regime gratuito e de longa duração (seis meses a um ano).

Por enquanto, disse à agência Lusa a reitora, Ana Costa Freitas, já chegaram 100 bicicletas e, por enquanto, vão ser cedidas cerca de 20 para o projeto-piloto, para que possam ser corrigidas eventuais falhas.

Mas, a partir do próximo ano letivo, "em setembro ou outubro", já vão começar a estar disponíveis as restantes bicicletas, acrescentou a reitora, considerando que o projeto é "um passo significativo no que diz respeito à mobilidade", para a universidade, que tem edifícios distribuídos por vários pontos de Évora, e para a cidade.

O presidente da câmara, Carlos Pinto de Sá, lembrou que Évora tem "tradição de inovação" em matéria de mobilidade, ao ter acolhido, nos anos 90 do século passado, o primeiro projeto-piloto de bicicletas em meio urbano, que, por ter acontecido "antes de tempo", não teve sucesso.

"Agora, registamos com enorme agrado que a UÉ, que está no centro histórico e está preocupada com as questões da sustentabilidade e da mobilidade", tenha assumido "este projeto", afirmou.

O U-Bike "é bom para quem o vai usar, mas vai ser excelente para a mobilidade na cidade, no centro histórico" e entre este "e os bairros", frisou o autarca.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.