Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

Sporting: André Geraldes paga 60 mil euros e sai em liberdade

O diretor do futebol do Sporting Clube de Portugal acaba de sair em liberdade.

Sporting: André Geraldes paga 60 mil euros e sai em liberdade

André Geraldes, diretor do futebol do Sporting Clube de Portugal, saiu em liberdade, na noite desta quinta-feira, depois de ter pagado uma caução de 60 mil euros.

À saída do Tribunal de Instrução Criminal do Porto, onde havia sido ouvido, André Geraldes não comentou as acusações que lhe são imputadas, saindo do edifício em silêncio.

Além da caução que teve de pagar, o 'braço-direito' de Bruno de Carvalho ficou proibido de exercer funções desportivas e de contactar com os outros detidos da operação Cashball.

Além de André Geraldes, também os empresários Paulo Silva, e João Gonçalves e o funcionário do clube, Gonçalo Rodrigues, saíram em liberdade por decisão da juíza de instrução criminal.

Paulo Silva, recorde-se, foi quem deu origem à investigação da Polícia Judiciária denominada Cashball.

O empresário denunciou a situação às autoridades, confessando ter sido o responsável por corromper e coagir árbitros e jogadores e também por fazer os pagamentos a quem se permitia corromper.

Em tribunal, Paulo Silva confessou ter corrompido ou tentado corromper jogadores adversários em oito jogos de futebol do Sporting, referentes à temporada que agora terminou. Já os restantes arguidos optaram por ficar em silêncio.

André Geraldes, que teve de pagar uma caução de 60 mil euros para sair em liberdade é acusado de ser o estratega do esquema de corrupção e viciação de resultados no andebol e no futebol.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório