Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2017
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 14º

Edição

"Governo tem de dar rapidamente volta para não ficar num beco sem saída"

Joaquim Jorge considera que depois da tragédia de Pedrógão Grande, do assalto a Tancos e da exoneração dos três secretários de Estado "está aberta a porta" a mudanças no Executivo liderado por António Costa.

"Governo tem de dar rapidamente volta para não ficar num beco sem saída"
Notícias ao Minuto

14:30 - 10/07/17 por Pedro Bastos Reis

Política Joaquim Jorge

Depois da tragédia de Pedrógão Grande e do assalto aos paióis de Tancos, o Governo de António Costa foi novamente abalado, desta feita pelos pedidos de exoneração dos secretários de Estado da Internacionalização, dos Assuntos Fiscais e da Indústria.

Perante estas demissões, para Joaquim Jorge, fundador do Clube dos Pensadores, “está aberta a porta para uma remodelação no Governo”, que, segundo o próprio, deverá abranger o ministro da Defesa, Azeredo Lopes, e a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa.

Num texto de opinião enviado ao Notícias ao Minuto, Joaquim Jorge considera que “as boas notícias deram lugar às más notícias”.

Neste sentido, o fundador do Clube dos Pensadores alerta para o facto de as “boas notícias - défice abaixo de 3%, saída do procedimento por défice excessivo e crescimento económico acima de 2%” - estarem a ser condicionadas pelos “64 mortos no incêndio em Pedrógão Grande e [pelo] roubo na base militar de Tancos”, ao que acresce o pedido de exoneração dos secretários de Estado.

“O Governo tem de dar rapidamente a volta para não ficar num beco sem saída de problemas sobre problemas”, reitera Joaquim Jorge.

Posto isto, o biólogo considera que o debate do Estado da Nação, agendado para a próxima quarta-feira, dia 12, “não será um passeio do Governo”.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório