Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2018
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 18º

Edição

Manuel Valls admite candidatar-se à câmara de Barcelona

O antigo primeiro-ministro de França Manuel Valls, nascido na Catalunha e naturalizado francês, admitiu hoje ser candidato à câmara municipal de Barcelona nas eleições autarquias de 2019, pelo partido de centro-direita Ciudadanos.

Manuel Valls admite candidatar-se à câmara de Barcelona
Notícias ao Minuto

16:48 - 20/04/18 por Lusa

Mundo Autárquicas

"Vou refletir sobre isso", declarou Valls na televisão pública espanhola TVE, ao ser questionado sobre essa possibilidade por um jornalista catalão.

Reafirmando a sua postura contra o separatismo na Catalunha, Valls assegurou, expressando-se em espanhol, que está empenhado no debate sobre a eventual independência da região.

"Tanto como filho de um catalão, nascido em Barcelona, [mas também] porque quero dar à Catalunha e a Espanha aquilo que me ofereceram: as minhas origens, é também uma forma de generosidade", disse.

O antigo PM francês diz que se envolveu neste debate "como Europeu, porque as consequências [do separatismo catalão] para a Europa são demasiado importantes", salientou.

"Continuar neste debate, isso interessa-me, sim, manter-me no debate político e intelectual. Se posso ir mais longe? Vou refletir sobre isso", concluiu.

O líder do Ciudadanos (partido de centro-direita originário da Catalunha, mas que atualmente lidera algumas sondagens a nível nacional em Espanha), Albert Rivera, declarou que a formação "está aberta à presença de pessoas como Valls nas suas listas".

O Ciudadanos, o partido com maior número de assentos no parlamento regional da Catalunha, é a principal força de oposição aos separatistas catalães, encabeçados pela Esquerda Republicana Catalã, o Junts per Catalunya (de Carles Puigdemont) e a Candidatura Unitária da Catalunha (extrema-esquerda anti-europa).

Rivera também mostrou cautela quanto ao assunto, afirmando que o partido ainda tem de realizar primárias para escolher o candidato autárquico para Barcelona.

"Espero que tal se possa concretizar, mas para já é uma porta aberta e ainda falta bastante tempo", disse Rivera, sublinhando que o Ciudadanos "está aberto ao talento".

Também disse, isso sim, que Valls seria um muito melhor presidente de Barcelona do que a atual mandatária, Ada Colau. Colau, antiga ativista pelo direito à habitação, acabou por ser eleita numa plataforma que envolveu movimentos cívicos e a versão catalã do partido de esquerda de Pablo Iglesias, o Podemos.

Manuel Valls anunciou em junho de 2017 que iria abandonar o partido socialista francês. Atualmente é deputado integrado no grupo La République en marche (LREM), do Presidente Emmanuel Macron.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório