Meteorologia

  • 22 JULHO 2018
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 25º

Edição

Jornalista russo morreu após queda suspeita de um quinto andar

Editor de Maxim Borodin acredita que a sua morte não foi um acidente.

Jornalista russo morreu após queda suspeita de um quinto andar
Notícias ao Minuto

12:31 - 16/04/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Tensão

Um jornalista de investigação russo morreu no hospital depois de ter alegadamente caído do seu apartamento, que fica num quinto andar. Maxim Borodin escrevia sobre a morte de mercenários na Síria, conforme explica a BBC.

As autoridades dizem que não foi encontrada nenhuma nota de suicídio no seu apartamento. As suspeitas de que a morte de Borodin não terá sido um acidente adensam-se, porém, com as declarações de um amigo, que diz que o apartamento do jornalista estava rodeado de seguranças dois dias antes do incidente.

O amigo, Vyacheslav Bashkov, diz que Borodin lhe ligou na manhã do dia 11 de abril para lhe dizer que que estava “alguém com uma arma na sua varanda e pessoas camufladas e com máscaras nas escadas exteriores”. Bashkov descreve-o como “um jornalista com princípios e honesto”.

O editor-chefe do Novyy Den, o jornal onde trabalhava, não acredita de todo que a sua morte tenha um acidente e sustenta que não havia nenhuma razão para que este cometesse suicídio.

Os últimos trabalhos de Borodin centravam-se nos mercenários russos, conhecidos como ‘Grupo Wagner’, que foram alegadamente mortos na Síria no dia 7 de fevereiro numa confrontação com forças norte-americanas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.