Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

"O meu pai está no Céu?" Papa abraça menino que chorava morte do pai ateu

"O meu pai está no Céu?". Era o que Emanuele queria saber, mas a voz faltou. O pai, que morreu, era ateu e a criança emocionou-se ao dirigir-se ao Sumo Pontífice.

Notícias ao Minuto

10:58 - 16/04/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Roma

Emanuele, um menino italiano, levantou-se na sua vez para fazer a sua pergunta ao Papa, na visita que Francisco fez à paróquia de San Paolo della Croce, em Corviale, onde foi ouvir os idosos, os doentes, os pobres e também as crianças da catequese, conforme descreve o La Stampa. Emanuele levantou-se, colocou-se em frente ao microfone mas não chegou a fazer a pergunta, foi tomado pela emoção.

O público bateu palmas, enterneceu-se com a emoção de um menino, e o Papa Francisco chamou-o para o pé de si, para lhe dar um abraço e para o ouvir. Depois de o consolar, e de lhe pedir autorização para dizer o que acabava de ouvir, Francisco disse ao público aquilo que embargou a voz de Emanuele.

O menino perguntou ao Sumo Pontífice se o seu pai, que era ateu, foi para o Céu depois de ter morrido. A preocupação da criança versava especificamente o perigo de poder ir para o Inferno, conforme explica o diário italiano, porque Emanuele dizia que o seu pai era um homem bom. Apesar das suas crenças, o pai de Emanuele batizou-o e aos seus três irmãos, dois rapazes e uma rapariga.

“Se ao menos pudessemos chorar como o Emanuele quando temos dor nos nossos corações. Ele chora pelo seu pai que morreu e tem a coragem de o fazer porque tem amor no seu coração. O seu pai era ateu, mas mesmo assim batizou os seus quatro filhos, era um homem bom. É bonito que um filho diga isso do seu pai, que “era bom”. Se aquele homem foi capaz de criar os seus filhos assim, então era um homem bom. Deus está orgulhoso do teu pai”, disse-lhe Francisco.

“Deus tem coração de pai, o teu pai era um homem bom, ele está no Céu com ele, tem a certeza. Deus tem coração de pai e iria Deus alguma vez abandonar um descrente que batizou os seus filhos? Deus tinha com certeza orgulho do teu pai, porque é mais fácil ser crente e batizar os filhos do que não ser crente e batizar os filhos. Reza pelo teu pai, fala com ele. Essa é o caminho”, acrescentou o Papa, virando-se sempre para Emanuele.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório