Meteorologia

  • 19 ABRIL 2018
Tempo
23º
MIN 20º MÁX 26º

Edição

Mulher queimada pelo namorado irá testemunhar em tribunal depois de morta

Esta é uma decisão inédita no estado norte-americano de Ohio.

Mulher queimada pelo namorado irá testemunhar em tribunal depois de morta
Notícias ao Minuto

07:19 - 15/04/18 por Andrea Pinto

Mundo EUA

Judy Malinowsk foi regada com gasolina e ateada com fogo pelo ex-namorado em junho de 2015, numa estação de serviço, em Ohio.

A mulher, mãe de dois filhos, morreu cerca de dois anos após o incidente, devido às sequelas do mesmo. Antes de sucumbir, fez uma gravação onde detalha os acontecimentos daquele fatídico dia.

Agora, essa mesma gravação será ouvida em tribunal e servirá como testemunho contra Michael Slager.

"A Judy lutou para poder contar a sua história. Penso que este é o primeiro passo para aquilo que deve ser e será o seu legado", afirma a mãe da vítima, citada pela NBC.

Judy Malinowski sofreu queimaduras de terceiro e quarto grau em 90% do seu corpo e foi sujeita a 52 cirurgias após o ataque.

A mãe revela que a filha estava "extremamente ferida", mas mesmo assim conseguiu "articular detalhadamente o que aconteceu, onde estava e o medo que sentiu".

A decisão de ouvir o testemunho de uma pessoa já depois de morta acontece pela primeira vez em Ohio e não terá sido bem aceite pela defesa de Michael.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.