Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 12º

Edição

Skripal: Rússia acusa Londres de não querer ouvir respostas de Moscovo

O embaixador britânico na Rússia não participa na reunião, hoje em Moscovo, sobre o caso Skripal, recusa que levou a presidência russa a acusar o Reino Unido de não querer "ouvir as respostas" às perguntas que fez.

Skripal: Rússia acusa Londres de não querer ouvir respostas de Moscovo
Notícias ao Minuto

11:31 - 21/03/18 por Lusa

Mundo Polémica

mais uma eloquente manifestação de uma situação absurda em que se colocam questões, mas não se quer ouvir as respostas", afirmou à imprensa o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros russos convocou os embaixadores acreditados em Moscovo para uma reunião, hoje às 12:00 TMG (mesma hora em Lisboa), na qual pretende transmitir a sua posição em relação ao envenenamento do ex-espião russo Serguei Skripal no princípio de março em Salisbury, Inglaterra.

A embaixada do Reino Unido informou o Ministério russo de que o embaixador não participará e irá fazer-se representar por outro funcionário.

O caso Skripal provocou uma crise diplomática entre a Rússia e o Reino Unido, que já levou à expulsão de 23 diplomatas russos do território britânico e ao congelamento das relações bilaterais.

Moscovo respondeu expulsando 23 diplomatas britânicos e suspendendo a atividade do British Council na Rússia.

Serguei Skripal, 66 anos, e a filha Yulia, 33, foram encontrados inconscientes a 04 de março em Salisbury, no sul de Inglaterra, e permanecem hospitalizados em estado crítico.

As autoridades britânicas determinaram que os dois foram envenenados com Novichok um gás neurotóxico de fabrico russo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório