Meteorologia

  • 19 DEZEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Rússia admite apoiar trégua com a Síria se excluir ISIS e Al-Qaeda

O chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, admitiu hoje apoiar uma resolução do Conselho de Segurança da ONU para um cessar-fogo na Síria desde que exclua os extremistas do grupo Estado Islâmico e da Al-Qaeda.

Rússia admite apoiar trégua com a Síria se excluir ISIS e Al-Qaeda
Notícias ao Minuto

14:09 - 22/02/18 por Lusa

Mundo Síria

As declarações do ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia ocorrem numa altura em que, quase oito anos depois do início de uma guerra que já fez mais de 350 mil mortos, o bombardeamento intenso do último grande bastião rebelde, Ghouta Oriental, já matou pelo menos 335 civis, entre eles dezenas de crianças, e acentuou a situação desesperada dos residentes, cercados pelo exército sírio desde 2012.

Citado pelas agências russas, Lavrov propôs que uma resolução exclua o grupo extremista Estado Islâmico e a Al-Qaeda, assim como quaisquer outros "grupos que cooperem com eles e ataquem sistematicamente zonas residenciais de Damasco".

Ghouta Oriental é um distrito agrícola nos arredores da capital, com cerca de 400 mil habitantes que vivem cercados pelas forças do regime há anos.

O bombardeamento sistemático da região desde domingo foi denunciado, entre outros, pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, e pela chanceler alemã, Angela Merkel, que pediram um cessar-fogo imediato.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório