Meteorologia

  • 22 JUNHO 2018
Tempo
30º
MIN 30º MÁX 30º

Edição

Estas duas mulheres casaram-se pela Igreja Católica em 1901

As duas mulheres passaram o resto da vida sob perseguição das autoridades e a fugir entre dois continentes.

Estas duas mulheres casaram-se pela Igreja Católica em 1901
Notícias ao Minuto

08:09 - 20/02/18 por Sara Gouveia

Mundo Espanha

Marcela Gracia Ibeas e Elisa Sánchez Loriga casaram-se na única cerimónia do mesmo sexo a existir na Igreja Católica espanhola. As duas jovens mulheres casaram-se em 1901, por isso o padre que realizou o casamento não terá pensado que a situação poderia ser um engano. Mas o que é certo é que sem o seu conhecimento, tanto o noivo como a noiva eram mulheres.

Mas como é que tudo aconteceu? As duas mulheres conheceram-se durante um curso para professoras na Corunha e a mãe de Marcela acabou por a enviar para Madrid por medo da relação que as duas mantinham. Apesar dessa inicial separação, Marcela e Elisa começaram a trabalhar em escolas a pouca distância uma da outra.

Algures entre essa altura terão tido uma desavença e Marcela acabou por ficar grávida de um homem não identificado. Quando reataram como parte de um plano elaborado para que conseguissem casar, Marcela anunciou que ia casar com o seu primo, Mario, que era de Londres - só que Mario era na verdade Elisa. 

Mario, de cabelo curto e fato, foi batizado e acabou por casar com Marcela nesse mesmo dia. Só que a farsa acabou por ser exposta por um jornal galego, La Voz de Galicia, que imprimiu a fotografia do casamento e fez dela primeira página com a legenda "Um casamento sem noivo". 

Com a mentira exposta, as mulheres resolveram fugir para o Porto, onde Marcela deu à luz. Depois continuaram para Buenos Aires, em 1902, com medo de serem extraditadas de Portugal.

Tendo em conta que nem a Igreja nem o Registo Civil anulou o casamento, este é o primeiro casamento homossexual registado em Espanha.

A sua história vai agora ser contada em filme pela realizadora espanhola Isabel Coixet. 'Elisa y Marcela' está em fase de pré-produção e é esperado ainda para 2018.

"Fiquei fascinada da primeira vez que ouvi falar na sua história, levantou mais perguntas do que respostas", disse Isabel à BBC.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.