Meteorologia

  • 19 DEZEMBRO 2018
Tempo
MIN 5º MÁX 9º

Edição

Nos EUA há quem opte por comprar mochilas à prova de bala

Na última quarta-feira, os Estados Unidos voltaram a ser palco de um tiroteio num recinto escolar. 17 pessoas perderam a vida.

Nos EUA há quem opte por comprar mochilas à prova de bala
Notícias ao Minuto

22:18 - 17/02/18 por Pedro Filipe Pina 

Mundo Tiroteios em Escolas

Podem custar em certos casos várias centenas de dólares. Mas há cada vez mais pais norte-americanos que, no ‘regresso às aulas’, optam por comprar mochilas à prova de bala.

Na última quarta-feira os Estados Unidos voltaram a ser palco de um tiroteio numa escola quando Nikolas Cruz, um jovem de 19 anos obcecado com armas e sobre o qual já tinha havido avisos, entrou na sua antiga escola e matou 17 pessoas.

Conta-nos a The Cut que há já algumas empresas a venderem online malas à prova de bala. E num país onde prossegue, sem consequência, o debate em torno da legislação sobre as armas, há fenómenos que se repetem: os tiroteios em escolas continuam a acontecer… e nos dias seguintes aumentam as vendas de mochilas à prova de bala.

À mesma publicação, Sarah Pampillonia, mãe, conta que descobriu este tipo de produtos após o ataque a Sandy Hook, em 2012, quando um homem entrou armado numa escola primária e matou 28 pessoas, incluindo 20 crianças.

Recorda Sarah que pensou em comprar uma com bonecos do Capitão América para o filho. “Ia deixar as armas fora da conversa e talvez lhe dissesse que tinha uma mochila mágica, como um escudo de super-herói, e se algum dia ele precisasse de se esconder dos maus podia esconder-se atrás da mala”.

Mas quando pára para pensar no facto de querer que o filho de quatro anos andasse com uma mochila à prova de bala, Sarah Pampillonia confessa à The Cut: “dá-me nojo só de pensar em dizer-lhe algo assim”.

A Bullet Blocker e a Guard Dog Security são algumas das empresas que encontraram um nicho de mercado nos Estados Unidos, em que há pessoas a comprar mochilas à prova de bala. Os preços, naturalmente, são muito superiores aos de mochilas sem este apetrecho, chegando a custar cada mochila algumas centenas de dólares.

No meio do momento em que se vive nos Estados Unidos, não é acaso que haja cada vez mais pessoas a fazer publicidade gratuita a estes produtos. Fazem-no por preocupação mas também por uma certa impotência perante a falta de soluções.

O Independent realça uma publicação no Instagram de Kim Zolciak-Biermann, que integra uma série de reality-show intitulada ‘Real Housewives of Atlanta’.

Poucas horas após o ataque na escola na Florida, na quarta-feira, Kim Zolciak-Biermann publicou a imagem de uma destas mochilas à prova de bala, que tinha acabado de comprar para os seus filhos.

“Perguntei ao Kroy o que poderíamos fazer como pais para proteger as nossas crianças neste mundo louco. Ele disse ‘que o melhor que podíamos fazer por agora era ter malas para os livros à prova de bala”, escreveu.

I just asked Kroy what can we do as parents to protect our children everyday in this crazy sad world. He said, "best thing we could do for now is get bullet proof book bags" you know I just did! It's better than not having anything at all. Just thought I would share with you guys. I just found this first on Amazon so I bought it. It's certified.

Uma publicação partilhada por Kim Zolciak-Biermann (@kimzolciakbiermann) a 14 de Fev, 2018 às 4:48 PST

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório