Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2018
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 12º

Edição

Treinador deu 'corpo às balas' para defender alunos e morreu em tiroteio

Aaron Feis era treinador da equipa de futebol e segurança na escola Marjory Stoneman Douglas.

Treinador deu 'corpo às balas' para defender alunos e morreu em tiroteio
Notícias ao Minuto

13:14 - 15/02/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Florida

Um treinador de futebol do liceu foi uma das 17 vítimas mortais do tiroteio desta quarta-feira, na Florida.

De acordo com o Mirror, Aaron Feis ter-se-á colocado em frente a vários alunos para protegê-los das balas disparadas. Na sequência disso, foi alvejado fatalmente.

A morte do técnico foi anunciada nas redes sociais, ao mesmo tempo que alunos e professores o elevam a herói.

"Ele morreu um herói e ficará para sempre nos nossos corações e memórias", pode ler-se no Twitter.

Após o tiroteio, não ficou claro de imediato que Aaron teria morrido. Isto porque embora inicialmente se tenha avançado que sim, depois referiu-se que tinha sido transportado para o hospital com vida, embora em estado crítico.

A confirmação chega agora com os amigos a salientarem que há poucas pessoas como Aaron.

O tiroteio ocorrido esta quarta-feira num liceu da Florida é o 18.º incidente do género numa escola nos Estados Unidos desde 1 de janeiro, segundo ativistas, que frisam não haver nenhum país desenvolvido no mundo com tal registo.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.