Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2018
Tempo
MIN 6º MÁX 7º

Edição

ONU pede "investigações credíveis" à República Democrática do Congo

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, pediu hoje às autoridades da República Democrática do Congo para fazerem "investigações credíveis" após a morte de pelo menos seis pessoas durante a dispersão de manifestações proibidas.

ONU pede "investigações credíveis" à República Democrática do Congo
Notícias ao Minuto

20:59 - 22/01/18 por Lusa

Mundo África

Numa declaração emitida pela Missão das Nações Unidas no Congo (Monusco) e feita na sede da ONU, em Nova Iorque, António Guterres exorta também "as forças de segurança congolesas a exercer moderação" e "exige o pleno respeito pelos lugares de culto".

Além disso, o responsável, citado pela agência noticiosa AFP, a que os criminosos "sejam levados à justiça".

Seis pessoas morreram no domingo em Kinsahasa, durante a dispersão de manifestações proibidas pelas autoridades e realizadas em resposta a um apelo de um coletivo católico, contra a manutenção no poder do Presidente Joseph Kabila, de 46 anos, segundo dados da Monusco.

As mortes ocorreram em Kinshasa, segundo a Monusco, que acrescentou que também houve feridos e detenções registadas em todo o país.

As forças de segurança usaram gás lacrimogéneo e munições reais nestas dispersões.

A onda de violência na República Democrática do Congo já causou 49 feridos, tendo 94 pessoas sido detidas, segundo o porta-voz da Monusco, Florence Marchal.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.