Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2018
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 17º

Edição

"Para prender Lula da Silva será preciso matar", diz senadora

A senadora brasileira e presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, disse hoje que para prender o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em primeira instância por corrupção, será preciso matar pessoas.

"Para prender Lula da Silva será preciso matar", diz senadora
Notícias ao Minuto

18:18 - 16/01/18 por Lusa

Mundo Brasil

"Para prender Lula [da Silva], eles terão que prender um monte de gente, e mais do que isso, eles terão que matar pessoas, eles terão que matar", disse Gleisi Hoffmann em uma extensa entrevista publicada pelo portal de notícias brasileiro Poder360.

A líder do partido de esquerda, que considera que Lula da Silva será o candidato do PT nas próximas eleições presidenciais do país, referia-se à possibilidade de o político ser condenado novamente num julgamento que acontecerá na próxima semana, na cidade brasileira de Porto Alegre.

Um tribunal regional decidirá no dia 24 de janeiro se mantém ou revoga a sentença de nove anos e meio de prisão ditada para o ex-presidente brasileiro num julgamento de primeira instância por corrupção passiva e branqueamento de capitais, num dos processos da Operação Lava Jato.

Este julgamento é decisivo porque se o tribunal ratificar ou mesmo aumentar a pena Lula da Silva, que é líder em todas as sondagens de intenção de voto da próxima eleição presidencial que acontecerá em outubro no país, poderá ser impedido de participar.

Isto aconteceria porque a lei brasileira estabelece que um condenado em segunda instância não tem direito de concorrer a cargos eletivos.

Além disso, Lula da Silva corre o risco de ser preso assim que terminarem os recursos judiciais a que tem direito para tentar reverter uma possível condenação do tribunal de segunda instância.

Na entrevista, Gleisi Hoffmann afirmou que Lula da Silva foi condenado por razões políticas para evitar que ele seja reeleito Presidente do Brasil.

A senadora também disse que uma condenação em segunda instância não impedirá que o ex-chefe de Estado participe das eleições porque o PT está disposto a apresentar todos os recursos possíveis às autoridades eleitorais.

Gleisi Hoffmann reforçou ainda que está confiante em que Lula da Silva será absolvido porque "esse seria o único resultado capaz de resgatar a seriedade da Justiça brasileira e mostrar ao Brasil e ao mundo que há independência no (sistema) judicial".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório