Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2018
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

Secretário-geral da ONU já chegou a Bogotá para iniciar visita à Colômbia

O secretário-geral da ONU, António Guterres, chegou hoje a Bogotá para iniciar uma visita oficial à Colômbia que tem como objetivo ratificar o processo de paz no país.

Secretário-geral da ONU já chegou a Bogotá para iniciar visita à Colômbia
Notícias ao Minuto

18:41 - 13/01/18 por Lusa

Mundo António Guterres

A agência espanhola Efe refere que, de acordo com um comunicado da ONU, após a sua chegada, Guterres foi recebido pela vice-ministra dos Negócios Estrangeiros, Patty Londoño, e pelo embaixador da Colômbia junto das nações Unidas, María Emma Mejía.

Após desembarcar, Guterres deverá dar início à sua agenda oficial do primeiro dia de visita à Colômbia, que prevê reuniões com os representantes da Missão e das nações Unidas, antes de se dirigir para a Casa de Nariño, sede do executivo.

O programa prevê que ainda hoje António Guterres deverá encontrar-se com o Presidente colombiano, Juan Manuel Santos, com representantes de autoridades civis e militares, líderes das FARC, Igreja Católica e organizações sociais.

No domingo, o secretário-geral da ONU continuará a sua visita com uma viagem ao município de Mesetas, onde visitará uma zona onde os ex-combatentes das FARC estão a ser treinados para a sua reintegração na sociedade.

Num relatório da ONU divulgado recentemente, o secretário-geral manifestou preocupação com o aumento do número de líderes sociais mortos no país.

Em entrevista à Efe, na sexta-feira, Guterres afirmou acreditar que se pode restabelecer o cessar-fogo entre o Governo da Colômbia e a guerrilha do Exército de Libertação Nacional (ELN), apelando para o diálogo entre as partes.

António Guterres encorajou ambas as partes a manterem um "diálogo profundo", referindo que não acredita que as conversações estejam em perigo.

"Eu acho que é importante que o cessar-fogo seja restabelecido e que as conversações entre as partes continuem", disse Guterres, que reconheceu que durante o processo pode haver "uma diminuição da confiança" entre as partes.

Esta viagem à Colômbia realiza-se pouco depois das negociações entre o Governo e o ELN terem sido suspensas, após o grupo guerrilheiro ter lançado alguns ataques quando o cessar-fogo terminou, na terça-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório