Meteorologia

  • 25 ABRIL 2018
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 22º

Edição

França: Autocarro escolar abalroado por comboio. Há vítimas mortais

O acidente ocorreu numa passagem de nível em Millas, França.

França: Autocarro escolar abalroado por comboio. Há vítimas mortais
Notícias ao Minuto

16:37 - 14/12/17 por Sara Gouveia

Mundo Millas

Pelo menos quatro pessoas morreram e 24 estão feridas com muita gravidade, depois de um comboio ter colidido com um autocarro escolar, em França, segundo o Le Parisien. 21 dos feridos são passageiros do autocarro, que transportava crianças entre os 13 e os 17 anos, e as restantes três seguiam no comboio.

No total, trinta crianças viajavam no autocarro e 21 passageiros no comboio. O acidente ocorreu numa passagem de nível em Millas, entre Perpignan e Prades, nos Pirinéus Orientais.

O comboio regional viajava a cerca de 80 km/h, uma velocidade considerada normal pela SNCF, a empresa de transportes a que pertencia.

O autocarro foi abalroado por um comboio regional por volta das 15h00 hora local (16h00 em Lisboa). Segundo testemunhas, citadas pelo France Bleu, o autocarro ficou separado em duas partes com o embate.

Segundo o jornal Le Figaro, estão mobilizadas várias equipas de socorro e resgate. 95 bombeiros, 10 veículos de resgate, um posto médico avançado e quatro helicópteros. 

Chegado ao local, o primeiro-ministro francês, Édouard Philippe disse em conferência de imprensa que as circunstâncias em que o acidente ocorreu ainda estão por ser determinadas e que vão ser instaurados dois inquéritos, um judicial e um administrativo.

"24 pessoas estiveram envolvidas no acidente, quatro mortos, onze pessoas em emergência absoluta e mais nove feridos que foram transportados para os vários hospitais da região", disse o governante. O desafio fundamental, segundo  Édouard Philippe é dar a informação correta às famílias pois "a identificação dos que morreram e dos feridos é extremamente difícil".

A SNCF, a empresa de transportes ferroviários francesa, enviou uma mensagem de apoio às vítimas e familiares através da rede social Twitter.

O presidente francês Emmanuel Macron já reagiu ao acidente também através do Twitter. "Todos os meus pensamentos estão com as vítimas deste terrível acidente e com as suas famílias. A disponibilidade do Estado é total para as ajudar", lê-se.

[Notícia em atualizada às 18h28]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.