Meteorologia

  • 18 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 5º MÁX 6º

Edição

Brexit: Acordo alcançado garante ausência de fronteira física na Irlanda

O acordo de princípio hoje alcançado sobre os termos da saída do Reino Unido da União Europeia garante que não existirá uma fronteira física entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte, sublinhou a primeira-ministra britânica.

Brexit: Acordo alcançado garante ausência de fronteira física na Irlanda
Notícias ao Minuto

08:08 - 08/12/17 por Lusa

Mundo May

"Não haverá uma fronteira rígida e manteremos o acordo de Belfast", declarou Theresa May, em declarações à imprensa após uma reunião com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em Bruxelas.

Bruxelas decidiu hoje recomendar aos 27 Estados-membros que se passe à segunda fase das negociações do 'Brexit' (saída do Reino Unido da União Europeia), as futuras relações entre as partes, após terem sido alcançados "progressos suficientes" nos 'dossiês' considerados prioritários na primeira fase das negociações (os termos do 'divórcio'), designadamente direitos dos cidadãos, acordo financeiro e a questão da Irlanda.

May considerou ainda que o acordo de princípio -- que terá de ser validado pelos chefes de Estado e de Governo no Conselho Europeu que se realiza em 14 e 15 de dezembro, em Bruxelas -, "é justo para o contribuinte britânico" e permitirá ao Reino Unido investir mais no futuro nas suas "prioridades nacionais".

A recomendação de Bruxelas para que se iniciem os trabalhos em torno da segunda fase das negociações baseia-se no relatório conjunto acordado pelos negociadores da Comissão e do Governo do Reino Unido, que foi hoje subscrito pela primeira-ministra britânica durante uma reunião, em Bruxelas, com o presidente do executivo comunitário, Jean-Claude Juncker.

Relativamente à questão da Irlanda, a Comissão aponta que "o Reino Unido reconheceu a situação única da ilha da Irlanda e assumiu compromissos significativos para evitar criar uma fronteira rígida", aponta o executivo comunitário.

"A avaliação da Comissão tem por base os progressos reais e genuínos efetuados em cada um dos três domínios prioritários. Ao chegarmos a um acordo quanto a estas questões, resolvendo tudo o que ainda estava pendente, dispomos das condições necessárias para poder avançar e debater as nossas futuras relações com base na confiança mútua", comentou por seu lado o negociador-chefe da UE, Michel Barnier.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório