Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 11º

Edição

Boris Johnson vai ao Irão para tentar libertação de iraniano-britânica

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico inicia hoje uma visita ao Médio Oriente, que o leva no sábado ao Irão, onde tentará pressionar a libertação da iraniano-britânica Nazanin Zaghari-Ratcliffe, presa desde 2016 por conspirar contra Teerão.

Boris Johnson vai ao Irão para tentar libertação de iraniano-britânica
Notícias ao Minuto

07:18 - 08/12/17 por Lusa

Mundo Ministro

Esta visita, a primeira que faz a Teerão desde que assumiu o cargo em julho de 2016, "tem lugar num momento crucial para a região do Golfo, e oferece a oportunidade de discutir uma solução pacífica para o conflito no Iémen, o futuro do acordo sobre o nuclear iraniano, e a atual instabilidade no Médio Oriente", indicou um porta-voz da diplomacia britânica.

A deslocação de Boris Johnson surge numa altura em que Nazanin Zaghari-Ratcliffe deve voltar a comparecer, no domingo, diante da justiça iraniana para responder às acusações de "difusão de propaganda", pelas quais arrisca, se condenada, uma pena de 16 de prisão, disse o seu marido, Richard Ratcliffe, à agência de notícias francesa AFP.

A situação de Nazanin Zaghari-Ratcliffe, uma funcionária de uma organização não-governamental com dupla nacionalidade, de 38 anos, presa desde outubro do ano passado após ter sido acusada de conspirar contra o governo iraniano, vai ser abordada por Boris Johnson no encontro que vai manter com o seu homólogo iraniano, Mohammed Javad Zarif, em Teerão.

"O governo continua muito preocupado com todos os nossos cidadãos com dupla nacionalidade detidos no Irão, e fará tudo o que estiver ao seu alcance para que os seus dossiês avancem, abordando-os da forma que entendemos ser do seu interesse", indicou o mesmo porta-voz da diplomacia britânica.

Segundo o mesmo responsável, "o ministro dos Negócios Estrangeiros vai instar os iranianos a libertar os cidadãos com dupla nacionalidade, assim que as razões humanitárias para o fazer estejam reunidas". "A sua presença só pode melhorar as coisas [e] envia uma mensagem clara a quem se preocupa com Nazanin, a quem se preocupa com outros casos", realçou.

O Irão não reconhece a dupla nacionalidade de Nazanin Zaghari-Ratcliffe e recusa permitir que se encontre com os seus representantes britânicos, pelo que Boris Johnson não deverá poder visitá-la na prisão.

Nazanin Zaghari-Ratcliffe foi detida em 03 de abril de 2016, no aeroporto de Teerão, após uma visita à sua família no Irão, com a sua filha Gabriella, nascida no Reino Unido e hoje com 3 anos.

Em setembro do mesmo ano foi condenada a cinco anos de prisão por participar em protestos contra o regime em 2009, algo que nega. Essa pena viria a ser confirmada, na sequência de um recurso, em abril deste ano.

A diplomacia britânica anunciou hoje que o ministro dos Negócios Estrangeiros realiza uma visita de três dias ao Médio Oriente, que vai iniciar hoje em Omã, partindo no sábado para o Irão e depois, no domingo, para os Emirados Árabes Unidos.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório