Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 9º MÁX 9º

Edição

Nicola Sturgeon acusa Londres de ter sido incompetente no Brexit

A primeira-ministra escocesa acusou hoje o governo britânico de "incompetência" na gestão da saída da União Europeia, o designado 'Brexit', concluindo pela necessidade da independência da Escócia, dada as dificuldades de Londres nas negociações com Bruxelas.

Nicola Sturgeon acusa Londres de ter sido incompetente no Brexit
Notícias ao Minuto

22:11 - 07/12/17 por Lusa

Mundo Governo

"Esta semana, o governo conservador, aliás a aliança entre o partido conservador e o DUP (sigla em Inglês do Partido Unionista Democrático, protestantes da Irlanda do Norte) mostrou-se fingida, mentirosa e totalmente incompetente", declarou Nicola Sturgeon, perante os deputados escoceses, em Edimburgo.

"Mais do que ter o nosso futuro nas nossas mãos, estamos à mercê do governo conservador. Temos de recuperar o controlo do nosso destino, e quanto mais cedo, melhor", insistiu.

Na segunda-feira, em Bruxelas, a primeira-ministra britânica, Theresa May, parecia estar prestes a obter um acordo sobre as principais modalidades de divórcio com a União Europeia, antes de o seu aliado no parlamento, o DUP, se opor ao tratamento particular que teria sido acordado à Irlanda do Norte, para evitar a instauração de uma fronteira com a vizinha República da Irlanda.

Com 10 deputados em Westminster, os ultraconservadores do DUP são aliados dos conservadores de May, que não têm a maioria absoluta na Câmara dos Comuns desde as legislativas de junho.

Sturgeon afirmou que a sua prioridade era a manutenção do Reino Unido no mercado único, apesar do 'Brexit', o que conservadores já afastaram.

A chefe do governo escocês já apelou ao líder da oposição britânica, o trabalhista Jeremy Corbyn, considerando que era possível obter uma maioria neste assunto no parlamento de Westminster.

Em junho de 2016, a Escócia tinha votado pela manutenção na União Europeia, com 62%. Em outro referendo, em 2014, os escoceses exprimiram-se, por 55%, pela permanência no Reino Unido.

Depois, Nicola Sturgeon, que também lidera o partido independentista SNP, mencionou por várias vezes a possibilidade de organizar um novo referendo sobre a independência da Escócia.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório