Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 6º MÁX 8º

Edição

Vinte e um condenados a prisão por incêndio em lar de idosos

Vinte e uma pessoas, entre as quais funcionários, foram hoje condenadas na China a penas de prisão pelo incêndio num lar de idosos no centro do país que fez 38 mortos, anunciou a agência oficial Nova China.

Vinte e um condenados a prisão por incêndio em lar de idosos
Notícias ao Minuto

19:25 - 07/12/17 por Lusa

Mundo China

Entre os acusados, que compareceram três vezes em tribunal, estava o representante legal do lar de Kangleyuan, um estabelecimento privado situado na província de Henan, que foi condenado a nove anos de prisão por ter feito uma extensão ilegal às instalações.

O construtor civil, que utilizou materiais inflamáveis para construir esse anexo onde o incêndio deflagrou, foi condenado a seis anos e meio de prisão.

Os restantes acusados, entre os quais bombeiros, trabalhadores e gerentes de centros com assistência médica, foram condenados a penas entre os 30 meses e oito anos de prisão.

Após o incêndio, as autoridades chinesas deram como provado que as saídas de emergência não estavam em conformidade com as normas e que as inspeções de segurança, a supervisão das instalações elétricas e o protocolo a seguir em caso de acidente apresentavam todos falhas.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório