Meteorologia

  • 18 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 8º MÁX 10º

Edição

Jerusalém: Reconhecimento pode levar a "deterioração" da situação

A presidência russa está preocupada com a intenção dos Estados Unidos de reconhecerem Jerusalém como capital de Israel e teme uma "possível deterioração" da situação no Médio Oriente, disse à imprensa o porta-voz do Kremlin.

Jerusalém: Reconhecimento pode levar a "deterioração" da situação
Notícias ao Minuto

11:48 - 06/12/17 por Lusa

Mundo Médio Oriente

"A situação não é fácil", disse Dmitri Peskov, porta-voz do Presidente Vladimir Putin, num encontro com jornalistas em Moscovo.

Segundo Peskov, Putin falou do assunto com o presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, na terça-feira à noite, e manifestou a sua preocupação com "uma possível deterioração" da situação na região.

O porta-voz afirmou contudo que o Presidente da Rússia não vai comentar uma decisão que não foi anunciada.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, deverá anunciar hoje que os Estados Unidos vão reconhecer Jerusalém como capital de Israel, contrariando a posição dos países europeus, árabes e muçulmanos e a linha diplomática seguida por todos os presidentes norte-americanos até agora.

Os países com representação diplomática em Israel têm as embaixadas em Telavive, em conformidade com o princípio, consagrado em resoluções das Nações Unidas, de que o estatuto de Jerusalém deve ser definido em negociações entre israelitas e palestinianos.

Os palestinianos querem que Jerusalém-leste, anexada por Israel em 1967, seja a capital de um futuro Estado da Palestina.

A decisão de Washington deve ser anunciada hoje oficialmente às 13:00 locais (18:00 em Lisboa).

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório