Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 8º MÁX 9º

Edição

Argentina analisa prováveis sinais emitidos por submarino desaparecido

Navios da Armada da Argentina detetaram hoje sinais que se admite poderem pertencer ao submarino argentino que está desaparecido desde quarta-feira, com 44 tripulantes a bordo.

Argentina analisa prováveis sinais emitidos por submarino desaparecido
Notícias ao Minuto

20:43 - 20/11/17 por Lusa

Mundo Armada

O porta-voz da Armada da Argentina, Enrique Balbi disse que duas unidades registaram sinais "a 360 quilómetros da costa argentina, onde a profundidade é de 200 metros" e que aquela zona "coincide com o trajeto que o submarino San Juan devia fazer para retornar à sua base".

O oficial informou que a análise dos sinais que se supõe serem do submarino deverá demorar ainda algumas horas.

No sábado, as estações navais receberam sete sinais, de baixa frequência, através de comunicação por satélite, que se supunham ter sido emitidos pelo submarino, o que não se confirmou.

Balbi disse que foi recebido "o relatório da empresa que analisou os sinais e as sete tentativas contactos não correspondem ao submarino".

O submarino argentino desaparecido há vários dias reportou uma avaria na quarta-feira, na última comunicação antes de ser dado como desaparecido, disse hoje o comandante da base naval do Mar da Prata.

O submarino San Juan continua a ser procurado sem êxito no mar da Prata, numa área com um diâmetro de 300 quilómetros da linha da costa.

Desde quarta-feira que a unidade da Armada argentina, que zarpou do porto de Ushuaia para uma missão de vigilância, se encontra desaparecido.

O submarino, de construção alemã, com propulsão diesel e elétrica, foi alvo de uma revisão profunda em 2014.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório