Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Professor suspenso por ter chamado rapariga a aluno transgénero

Professor disse ter pedido desculpa ao aluno, mas não considera "irracional" chamar rapariga a alguém que nasceu rapariga.

Professor suspenso por ter chamado rapariga a aluno transgénero
Notícias ao Minuto

18:23 - 13/11/17 por Melissa Lopes

Mundo Oxfordshire

Joshua Sutcliffe, de 27 anos, professor de matemática numa escola secundária em Oxfordshire, foi suspenso de funções depois de ter chamado "rapariga" a um aluno transgénero. Joshya enfrenta agora um processo disciplinar, noticia a imprensa internacional.

O professor, um cristão de Oxford, admitiu ter proferido a frase "muito bem, meninas" a um grupo de estudantes que incluía o aluno transgénero.

Apesar de ter defendido que foi um "deslize linguístico", o professor acredita que o sexo é definido à nascença.

Segundo escreve o site da BBC, o professor de matemática, que é simultaneamente pastor numa igreja, afirmou que tenta equilibrar as suas crenças com a necessidade de tratar os alunos com sensibilidade.

"Nunca procurei impor as minhas crenças aos outros", defendeu, frisando ter pedido desculpa ao aluno. Contudo, disse não considerar "irracional" chamar rapariga a alguém que nasceu rapariga. O docente evitava, aliás, dirigir-se ao aluno utilizando pronomes masculinos, optando por chamá-lo pelo nome. 

Sutcliffe, que ensina crianças com idades entre os 11 e os 18 anos, revelou que o incidente com este aluno transgénero aconteceu no início do mês, a 2 de novembro. Depois de uma queixa apresentada pela mãe do aluno em causa, tendo a direção do estabelecimento  decidido suspender o professor. 

A escola em causa disse considerar "desapropriado" comentar o caso enquanto o processo disciplinar decorre. 

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório