Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Birmânia garante inicio do repatriamento de deslocados no Bangladesh

A Birmânia garantiu que vai dar inicio ao repatriamento dos deslocados no Bangladesh, dentro de três semanas, depois do acordo de entendimento assinado com este país a 24 de outubro, disse hoje o porta-voz do Governo das Filipinas.

Birmânia garante inicio do repatriamento de deslocados no Bangladesh
Notícias ao Minuto

15:57 - 13/11/17 por Lusa

Mundo Rohingyas

A questão dos rohingyas foi levantada numa reunião da cúpula da ASEAN, a decorrer nas Filipinas.

A líder da Birmânia (Myanmar), Aung San Suu Kyi, deu essa garantia hoje aos outros membros da Associação de Nações do Sudoeste Asiático (ASEAN), afirmou Harry Roque, adiantando que não foram dados mais pormenores e que não se referiu diretamente aos rohingyas.

Mais de meio milhão de pessoas desta etnia fugiu da Birmânia para o vizinho Bangladesh desde agosto, depois da violência em Rakhine, no oeste birmanês, onde casas dos rohingyas foram incendiadas pelos militares.

Roque afirmou ainda que o Governo birmanês está a aplicar recomendações de uma comissão liderada por Kofi Annan, antigo secretário-geral das Nações Unidas, sobre o estado de Rakhike.

, na qual foi assinado um acordo com o objetivo de proteger os trabalhadores migrantes no sudeste asiático, além de terem decidido o início das negociações com a China no chamado "Código de Conduta no Mar da China meridional.

No Bangladesh, os rohingyas, uma das minorias mais perseguidas no mundo para a ONU, são vistos como invasores, com o Governo a negar-lhes direitos básicos.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório