Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Referendo na Catalunha: Guardia Civil faz buscas na sede do '112'

Autoridades espanholas procuraram por provas relacionadas com o referendo que o Tribunal Constitucional considerou ilegal.

Referendo na Catalunha: Guardia Civil faz buscas na sede do '112'
Notícias ao Minuto

12:50 - 17/10/17 por Pedro Filipe Pina

Mundo Espanha

Continua a tensão na Catalunha, com protestos na sequência da detenção de dois dirigentes catalães pró-independência.

Entretanto, já esta terça-feira, segundo revela o La Vanguardia, a Guardia Civil entrou na sede local do ‘112’ (número de emergência igual ao dos serviços de emergência portugueses) à procura de provas.

Explica o jornal espanhol, citando fontes da investigação, que as buscas decorreram em Reus, Tarragona, naquela que é a sede dos serviços de emergência sob alçada da Generlitat, o governo catalão.

O referendo de 1 de outubro foi considerado ilegal pelo Tribunal Constitucional. Ao longo do dia foi a Guardia Civil, enviada por Madrid, quem levou a cabo a apreensão de urnas e o fecho de mesas de votos. A polícia local, os Mossos d’Esquadra, não participou de forma ativa no encerramento de mesas de voto, o que valeu críticas de dirigentes do governo de Mariano Rajoy.

O edifício alvo de buscas é onde se encontram os ficheiros relativos a todos os serviços de emergência do governo catalão, como explica o La Vanguardia, nomeadamente os Mossos d’Esquadra, bombeiros, Protecção Civil, o 112 e o Sistema de Emergências Médicas.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório