Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Família libertada dos talibãs já deixou o Paquistão

O casal sequestrado em 2012 no Afeganistão pelos talibãs e os seus três filhos, todos nascidos durante o cativeiro, já deixaram o Paquistão, um dia depois do anúncio da sua libertação pelo exército paquistanês, indicaram hoje fontes locais.

Família libertada dos talibãs já deixou o Paquistão
Notícias ao Minuto

17:17 - 13/10/17 por Lusa

Mundo Exército

Dois oficiais da segurança paquistanesa confirmaram que a norte-americana Caitlan Coleman e o seu marido Joshua Boyle, natural do Canadá, bem como os seus três filhos, deixaram hoje a cidade de Islamabad a bordo de um avião.

As fontes, que falaram sob anonimato, não avançaram informações sobre o destino final da família.

A saída da família do território paquistanês também foi confirmada por uma fonte da embaixada norte-americana em Islamabad, que também pediu anonimato.

Segundo noticiou hoje o diário paquistanês The Express Tribune, a família terá viajado para o Canadá, via Londres, num voo da companhia aérea estatal Pakistan International Airlines (PIA).

Na quinta-feira, o exército paquistanês anunciou a libertação desta família, referindo na mesma ocasião que a operação de resgate tinha sido possível por causa de informações fornecidas pelos serviços de inteligência norte-americanos.

A família foi resgatada quando estava a ser transportada pelos insurgentes para uma zona tribal no Paquistão (Kurram), perto da fronteira afegã.

De acordo com responsáveis locais, o exército paquistanês atirou aos pneus do carro que transportava a família e os sequestradores conseguiram fugiram a pé.

Os insurgentes "fugiram a pé", afirmou hoje, em declarações à agência noticiosa francesa France Presse (AFP), o porta-voz do exército paquistanês, major general Asif Ghafoor, explicando que os militares não quiseram abrir fogo, uma vez que existia o risco de ferir os reféns.

O casal foi raptado pela rede Haqqani (grupo armado aliado dos talibãs e responsáveis por vários ataques contra as forças estrangeiras e locais no Afeganistão) em outubro de 2012 quando faziam uma viagem de mochila às costas que passou pela Rússia, Cazaquistão, Tadjiquistão, Quirguistão e que os levou ao território afegão.

Caitlan Coleman estava grávida quando foi sequestrada.

Tanto o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, expressaram satisfação pela libertação da família e agradeceram às autoridades paquistanesas.

O casal e dois dos seus três filhos tinham surgido em dezembro de 2016 num vídeo divulgado pelos insurgentes.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório