Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Barack Obama pede que produtor de Hollywood seja condenado

Barack Obama condenou hoje os alegados abusos sexuais cometidos por Harvey Weinstein, produtor de Hollywood, considerando que "qualquer homem que humilha e degrada as mulheres desse modo tem de ser condenado e responsabilizado, para além da riqueza ou estatuto".

Barack Obama pede que produtor de Hollywood seja condenado
Notícias ao Minuto

06:13 - 11/10/17 por Lusa

Mundo Abusos Sexuais

O ex-Presidente dos EUA, cuja campanha presidencial garantiu fundos em Hollywood graças ao produtor, elogiou em comunicado "a coragem das mulheres que se atreveram a contar estas histórias dolorosas", e apelou para a necessidade de "construir uma cultura" para que este género de comportamentos "seja menos frequente no futuro".

As palavras de Obama, que se juntam às da ex-candidata presidencial Hillary Clinton, que se declarou "surpreendida e revoltada" pelas revelações sobre o importante contribuinte do Partido Democrático, sublinhando que o seu comportamento "não pode ser tolerado".

A série de assédios de Weinstein avolumou-se nos últimos dias, com novas alegações de atrizes como Gwyneth Paltrow, Angelina Jolie ou Asia Argento, e que remontam há quase duas décadas.

Segundo a investigação de dez meses do The New Yorker, 13 mulheres acusam Weinstein de assédio sexual desde a década de 1990 até 2015, com histórias que confirmam as reveladas pelo The New York Times na passada quinta-feira.

Os casos mais graves, de violações, são três, onde se inclui a de Argento e da antiga aspirante a atriz Lucia Evans, para além de casos de "toques" ou "avanços sexuais não desejados", que se podem considerar abusos, e outros de "exibicionismo".

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório