Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Exército filipino controla centro de comando dos 'jihadistas' em Marawi

O exército filipino disse hoje que assumiu o controlo do centro de comando dos 'jihadistas' que se instalaram em maio na cidade de Marawi, onde ainda estão entrincheirados.

Exército filipino controla centro de comando dos 'jihadistas' em Marawi
Notícias ao Minuto

11:26 - 17/09/17 por Lusa

Mundo Conflito

Há quatro meses que militares filipinos se envolveram em violentos confrontos de rua para desalojar os rebeldes, que se apresentam como associado do grupo Estado Islâmico (EI).

O exército filipino afirmou hoje que assumiu o controlo do centro de comando dos islamitas na sequência de uma batalha sangrenta iniciada no sábado numa mesquita e num outro edifício.

"Esta enorme operação enfraquece o grupo terrorista privando-o do seu antigo centro de comando e de controlo", declarou num comunicado o general Eduardo Ano.

"As operações de limpeza continuam e esperamos que o inimigo abandone a partir de agora posições ocupadas no passado, o que não fará sem combater", adiantou. "Estamos prontos para isso", referiu.

Os confrontos começaram em finais de maio na sequência de uma tentativa frustrada de prender Isnilon Hapilon, um dos homens mais procurados no mundo, considerado como o chefe de fila do grupo EI no sudeste da Ásia.

Centenas de militantes armados, incluindo combatentes estrangeiros, semearam na altura o caos em Marawi, tendo-se instalado em bairros da cidade.

O exército, que não os conseguiu desalojar, tinha explicado de seguida que a tentativa de captura de Hapilon tinha pressionado os 'jihadistas' a lançar prematuramente um projeto para assumir o controlo desta cidade para criar um califado similar ao criado pelo EI na Síria e no Iraque.

Quase meio milhão de pessoas fugiram devido aos confrontos, durante os quais morreram mais de 800 combatentes 'jihadistas', civis e militares, segundo o governo.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório