Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Pequim condena 31 pessoas a "medidas coercivas" por colapso de fábrica

A China condenou 31 pessoas a "medidas coercivas" no âmbito do colapso no ano passado de uma fábrica em construção, do qual resultaram 73 mortos, informou a agência de notícias estatal.

Pequim condena 31 pessoas a "medidas coercivas"  por colapso de fábrica
Notícias ao Minuto

11:18 - 16/09/17 por Lusa

Mundo Construção

As "medidas coercivas" são uma forma de detenção que podem ir de uma vigilância constante a prisão efetiva e são normalmente aplicadas a pessoas que puseram em perigo a segurança nacional.

A pena surge na sequência do colapso em novembro de 2016 de uma fábrica em construção no sul da China, do qual resultaram 73 mortos, dois feridos e perdas de 15,6 milhões de dólares

Um relatório do Governo chinês afirma que os investigadores concluiram que o acidente foi provocado por uma série de fatores, incluindo supervisão deficiente.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório