Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2018
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Estado da Florida usou novo anestésico na execução de condenado

O estado norte-americano da Florida (leste) executou na quinta-feira um condenado com um anestésico nunca antes utilizado numa injeção letal nos Estados Unidos, noticiou hoje a agência Associated Press.

Estado da Florida usou novo anestésico na execução de condenado
Notícias ao Minuto

06:27 - 25/08/17 por Lusa 

Mundo EUA

O condenado, Mark Asay, 53 anos, foi o primeiro homem branco executado na Florida pelo homicídio de um homem negro.

O óbito foi pronunciado às 18:22 locais (23:22 em Lisboa) de quinta-feira na prisão estadual de Starke. Asay foi executado com um ‘cocktail’ de três drogas, cuja administração foi antecedida da inoculação do anestésico etomidato.

Embora o uso deste anestésico tenha sido aprovado pelo Supremo Tribunal da Florida, o uso de etomidato tem sido criticado por a sua eficácia numa execução não estar cientificamente demonstrada.

O etomidato foi usado em substituição do midazolam, que se tornou difícil de adquirir depois de muitos laboratórios se recusarem a vendê-lo para execuções judiciais.

O midazolam é um potente sedativo cirúrgico usado para deixar o condenado inconsciente e anestesiado antes de lhe serem administradas as drogas que suspendem a respiração e o batimento cardíaco.

A eficácia do midazolam para esta utilização foi posta em causa nos últimos anos depois de execuções - no Alabama, Arizona, Ohio e Oklahoma - em que esta droga foi usada se terem complicado e prolongado, com sofrimento visível dos executados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório