Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2017
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Centenas de neonazis desfilaram em Berlim para homenagear Rudolf Hess

A exaltação de símbolos nazis é proibida na Alemanha, mas o governo optou por não proibir manifestação extremista.

Centenas de neonazis desfilaram em Berlim para homenagear Rudolf Hess
Notícias ao Minuto

23:56 - 19/08/17 por Carolina Rico

Mundo Alemanha

Cerca de 250 neonazis desfilaram este sábado pelas ruas de Berlim, para assinalar os 30 anos da morte de Rudolf Hess, um dos homens fortes de Adolf Hitler nos primeiros anos do regime nazi.

Sob forte vigilância policial, o grupo marchou até à antiga prisão de Spandau, onde Hess cumpriu pena perpétua depois dos julgamentos de Nuremberga.

A frase “ich bereue nichts”, em português “não me arrependo de nada”, terá sido dita por Rudolf Hess na prisão e foi hoje usada como manifesto, impressa numa grande faixa.

Ativistas anti-fascismo acompanharam a parada e lamentaram a sua concretização. No entanto, o secretário de Estado da Administração Interna fez questão de recordar que, ainda que “adoraria” proibir a manifestação, o Governo alemão optou por não o fazer.

“Pensamos muito no assunto e concluímos que, infelizmente, os idiotas também têm o direito de beneficiar das liberdades democráticas ", disse Andreas Geise, citado pela Reuters.

A exaltação de símbolos nazis é proibida na Alemanha, pelo que foram impostas algumas regras: Não podiam ser exibidas fotografias de Rudolf Hess nem suásticas, só podia haver uma bandeira do Terceiro Reich por cada 50 pessoas e não podia haver cânticos nem música. Foi ainda exigido a alguns dos participantes que tapassem tatuagens com símbolos nazis.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório