Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2018
Tempo
30º
MIN 29º MÁX 31º

Edição

Famoso escritor chinês detido por homicídio que "confessou" num livro

O escritor chinês Liu Yongbiao, muito popular no seu país, foi detido pelo presumível assassínio de quatro pessoas há 22 anos, um crime que inclusive inspirou um dos seus romances, noticiou hoje a revista 'online' Sixth Tone.

Famoso escritor chinês detido por homicídio que "confessou" num livro
Notícias ao Minuto

17:11 - 16/08/17 por Lusa

Mundo Liu Yongbiao

Liu, de 53 anos, é acusado de assassinar, juntamente com um cúmplice, os dois donos de uma residencial, o neto deles e um dos clientes, a 29 de dezembro de 1995, na cidade de Huzhou, da província oriental de Zhejiang.

A polícia deslocou-se a casa de Liu, na localidade de Nanling, da vizinha província de Anhui, e, segundo os agentes, o escritor recebeu-os com a enigmática frase "Estou há muito tempo à vossa espera".

As autoridades chinesas creem que Liu usou a sua própria experiência como assassino num dos seus romances, "O Culpado Secreto", publicado em 2010, tendo indicado no prólogo que a sua intenção era "escrever acerca de uma bela romancista que matou muita gente e cujos crimes nunca foram resolvidos".

O caso de 1995 não pôde ser arquivado, porque fugiram dois dos clientes da residencial sem serem identificados, mas exames de ADN realizados nos últimos meses levaram a suspeitar de que Liu e um vizinho da sua aldeia, de apelido Wang e de 64 anos, cometeram os assassínios com o objetivo de roubar dinheiro às vítimas.

Liu tornou-se famoso em 2005 com o romance "Um Filme", que obteve vários prémios na China, e em 2014 outra das suas obras foi adaptada para uma série televisiva.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório