Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Cerca de 70 anos depois, Rússia volta a aceitar mulheres piloto

O ministro da Defesa russo recebeu centenas de cartas de mulheres. O primeiro grupo começa a ser treinado em outubro.

Cerca de 70 anos depois, Rússia volta a aceitar mulheres piloto
Notícias ao Minuto

16:51 - 13/08/17 por Pedro Bastos Reis

Mundo Força Aérea

A Rússia vai aceitar mulheres piloto na sua Força Aérea, a primeira vez que tal acontece desde o final da Segunda Guerra Mundial, noticia a BBC.

O anúncio foi feito este domingo pelo ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, que tomou a decisão depois de “centenas de cartas” de mulheres a demonstrarem interesse em alistarem-se nas Forças Armadas.

Apesar da escola militar de aviação russa já aceitar mulheres desde 2009, não era possível que as mulheres recebessem treino para se tornarem pilotos.

O primeiro grupo vai começar o treino em outubro e contará com 15 mulheres, afirmou Sergei Shoigu.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório