Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2017
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Mergulhou em piscina com burkini e agora querem que pague a desinfeção

Mulher estava de férias com a família em Marselha, no sul de França.

Mergulhou em piscina com burkini e agora querem que pague a desinfeção
Notícias ao Minuto

11:58 - 03/08/17 por Patrícia Martins Carvalho

Mundo França

Uma família muçulmana estava de férias no sul de França e, como é habitual, a matriarca não expôs o corpo para ir à piscina. A mulher vestiu um burkini e então mergulhou.

No primeiro dia não houve qualquer problema, mas a situação mudou no dia seguinte quando foi obrigada a sair do interior da piscina pelo vigilante da mesma.

A denúncia é feita pelo Coletivo Contra a Islamofobia em França (CCIF) que, na sua conta do Twitter, contou que além de ter sido obrigada a sair da piscina, o proprietário do local agora exige que pague a desinfeção da água.

“Fiquei dececionada e magoada com o facto de serem tão ruins devido ao véu, mesmo sabendo que a minha roupa é roupa de banho”, disse Fadila.

Irredutível, o proprietário da casa que tem acesso à piscina partilhada reteve 490 euros de caução, uma vez que exigia o pagamento da desinfeção que o casal se recusou a pagar. Mas não só. A família foi impedida de desfrutar da piscina durante a restante semana, pese embora já tivesse pago a estadia, e ainda lhe foi pedido que pagasse uma compensação por a piscina ter ficado interditada durante dois dias, o que o marido de Fadila desmente, garantindo que no dia seguinte à expulsão a piscina estava operacional.

O CCIF emitiu um comunicado onde sublinha que a Fadila não se banhou com roupa da rua, mas sim com roupa apropriada para o efeito.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório