Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2018
Tempo
28º
MIN 25º MÁX 30º

Edição

Condutor recusou sair de carro em chamas. Disse que era mecânico

Depois de um acidente, Michael Hines recusou a ajuda das autoridades e teve de ser retirado, à força, do carro. Foi detido por conduzir sob influência de cocaína.

Condutor recusou sair de carro em chamas. Disse que era mecânico

Um condutor teve de ser arrastado do seu carro pela polícia, depois de ter embatido contra uma árvore e a viatura ter começado a arder. Contudo, o homem recusou-se a sair do carro, argumentando que era mecânico, conta a AP.

O alerta do acidente foi dado por testemunhas que passavam perto do local, em Pelham, no estado norte-americano do New Hampshire.

No entanto, quando a polícia e os bombeiros chegaram, Michael Hines, de 53 anos, que conseguiu escapar sem ferimentos ao acidente, rejeitou a ajuda das autoridades. Além disso, não quis abandonar a viatura, afirmando que era mecânico e que conseguiria resolver o problema.

Perante o perigo de uma explosão, a polícia decidiu agir e retirou o homem do carro. Pouco depois, as chamas alastraram-se e os pneus acabaram por explodir.

Michael Hines foi levado pelas autoridades e está acusado de conduzir sob a influência de cocaína.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório