Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2017
Tempo
24º
MIN 21º MÁX 26º

Edição

Condutor recusou sair de carro em chamas. Disse que era mecânico

Depois de um acidente, Michael Hines recusou a ajuda das autoridades e teve de ser retirado, à força, do carro. Foi detido por conduzir sob influência de cocaína.

Condutor recusou sair de carro em chamas. Disse que era mecânico
Notícias ao Minuto

08:29 - 02/08/17 por Notícias Ao Minuto

Mundo EUA

Um condutor teve de ser arrastado do seu carro pela polícia, depois de ter embatido contra uma árvore e a viatura ter começado a arder. Contudo, o homem recusou-se a sair do carro, argumentando que era mecânico, conta a AP.

O alerta do acidente foi dado por testemunhas que passavam perto do local, em Pelham, no estado norte-americano do New Hampshire.

No entanto, quando a polícia e os bombeiros chegaram, Michael Hines, de 53 anos, que conseguiu escapar sem ferimentos ao acidente, rejeitou a ajuda das autoridades. Além disso, não quis abandonar a viatura, afirmando que era mecânico e que conseguiria resolver o problema.

Perante o perigo de uma explosão, a polícia decidiu agir e retirou o homem do carro. Pouco depois, as chamas alastraram-se e os pneus acabaram por explodir.

Michael Hines foi levado pelas autoridades e está acusado de conduzir sob a influência de cocaína.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório