Meteorologia

  • 24 JULHO 2017
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 20º

Edição

Há um erro em 'À procura do Nemo'. Marlo devia ser Marlene

Sabia que os peixes-palhaços machos transformam-se em fémeas quando as suas companheiras morrem?

Há um erro em 'À procura do Nemo'. Marlo devia ser Marlene
Notícias ao Minuto

19:10 - 17/07/17 por Andrea Pinto

Mundo Estudo

Especialistas de duas universidades de Paris, França, acabam de fazer uma descoberta que muda, em muito, a história do filme do famoso peixe: Nemo.

Os investigadores estudaram durante vários anos as mudanças comportamentais, físicas e hormonais dos peixes-palhaço na Polinésia francesa.

Desse estudo, concluíram que estes peixes, também conhecidos como peixes-das-anémonas, vivem, durante toda a sua vida, em climas tropicais, e que os machos são mais protetores, sendo eles os responsáveis por tomar conta dos ovos dos filhos. Já as fémeas são mais agressivas, sendo responsáveis por defender o território.

Os investigadores verificaram ainda que quando as fémeas morrem, os machos passam automaticamente por uma fase de transformação, que dura algumas semanas, e em que se transformam em fémeas.

Significa isto que existe um erro em 'À Procura de Nemo', pois Marlo, o pai de Nemo, deveria transformar-se, no final do filme, em Marlene, escreve o Daily Mail.

"Quando a fêmea é comida por predadores ou morre, o macho, neste caso o pai do Nemo, muda de sexo e torna-se numa fêmea reprodutora. Ou seja, quando o Nemo regressa finalmente a casa no final do filme, ele está a encontrar-se com a sua mãe", afirma Suzanne Mills, bióloga na Ecole Pratique des Hautes Etudes em Criobe.

Campo obrigatório