Meteorologia

  • 28 JULHO 2017
Tempo
29º
MIN 23º MÁX 32º

Edição

26 mil crianças refugiadas vivem em "terríveis condições" na Europa

A organização Save the Children recordou hoje, Dia Mundial do Refugiado, a "terrível situação e as condições degradantes" em que vivem mais de 26 mil crianças refugiadas que estão nos Balcãs e na Grécia.

26 mil crianças refugiadas vivem em "terríveis condições" na Europa
Notícias ao Minuto

12:34 - 20/06/17 por Lusa

Mundo Save the Children

A organização explicou que nos Balcãs estima-se que haja pelo menos três mil crianças refugiadas, 1.300 das quais estão sozinhas e correm risco de ser alvo de exploração, violência e tráfico devido às "políticas fronteiriças restritas e os inadequados sistemas de proteção".

A Organização Não Governamental (ONG) alerta para o facto de estas crianças, que fugiram da guerra e da pobreza e que viajaram milhares de quilómetros sem os seus pais ou familiares, "serem invisíveis" para as autoridades.

"Nalguns casos, as crianças são identificadas e colocadas em instalações com adultos que não conhecem", lamentou a Save the Children.

Segundo a ONG, muitos destes menores caem em redes, onde são explorados "pelos seus traficantes que os obrigam a trabalhar para arrecadar dinheiro suficiente para continuar a sua viagem até outros países europeus".

Em toda a Grécia há mais de 23 mil refugiadas retidas em resultado do acordo entre a União Europeia e a Turquia, assinalou a ONG.

Nas ilhas gregas, milhares de famílias e mais de cinco mil crianças vivem em centros em condições que estão a afetar gravemente a sua saúde mental.

A longo prazo estes poderão vir a sofrer de depressão, ansiedade, stresse pós-traumático e doenças cardíacas ou diabetes.

Campo obrigatório