Meteorologia

  • 29 MAIO 2020
Tempo
23º
MIN 22º MÁX 32º

Edição

Francisco assume compromisso de repetir "mensagem de paz" de Fátima

O Papa Francisco comprometeu-se hoje, no voo de regresso ao Vaticano, a repetir a "mensagem de paz" de Fátima "com quem quer que fale".

Francisco assume compromisso de repetir "mensagem de paz" de Fátima
Notícias ao Minuto

20:12 - 13/05/17 por Lusa

Mundo Papa

"Fátima tem uma mensagem de paz, certamente, que foi levada à humanidade por três grandes comunicadores, que tinham menos de 13 anos, o que é interessante", afirmou, referindo-se aos três pastorinhos que estiveram na origem do fenómeno e dos quais dois, os irmãos Jacinta e Francisco, canonizou hoje no santuário português.

A canonização dos dois beatos "não estava planeada inicialmente, porque o processo de milagre estava em marcha, mas de repente as perícias vieram todas positivas e acelerou-se, assim juntaram-se as coisas", relatou, admitindo que este desfecho lhe causou "uma felicidade muito grande".

Questionado pela RTP sobre o que pode o mundo esperar, após a sua visita a Fátima, a primeira que realizou, o Papa respondeu: "Paz. De que vou falar eu, daqui para a frente, seja com quem for? Paz".

Francisco relatou que, antes de visitar Portugal, recebeu um grupo de cientistas de diferentes religiões, mas também ateus e agnósticos e, um deles, ateu, disse algo que lhe "tocou o coração".

"Peço-lhe um favor: diga aos cristãos que amem mais aos muçulmanos. Esta é uma mensagem de paz", afirmou.

A Rádio Renascença questionou Francisco sobre o significado da referência ao "bispo vestido de branco", na oração durante a bênção das velas na sexta-feira, a mesma expressão do terceiro segredo de Fátima e que o Papa João Paulo II associou ao atentado que sofreu em 1981.

"Essa oração não a fiz eu, fê-la o Santuário", comentou.

Ma, a referência ao branco pretende exprimir "um desejo de inocência, de paz, de não fazer ao mal aos outros, não fazer guerra", explicou.

Sobre o significado do segredo, o então cardeal Ratzinger (que viria a ser o Papa Bento XVI), na altura prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé (2000), "explicou tudo claramente".

A jornalista de origem argentina Elisabetta Piqué, autora de uma biografia sobre Francisco, mencionou que hoje, dia 13 de maio, faz 25 anos que Jorge Bergoglio recebeu a informação de que seria apontado bispo-auxiliar de Buenos Aires, o que pôs um fim a uma espécie de exílio que sofreu em Córdoba, a 1.200 quilómetros da capital da Argentina.

"As mulheres sabem tudo", desabafou o Papa, sorrindo.

Francisco admitiu que na sexta-feira, enquanto rezava em frente à imagem de Maria na Capelinha das Aparições, em Fátima, é que se lembrou desta coincidência

"Somente ontem [sexta-feira], quando estava em frente à Senhora, me lembrei que tinha recebido o telefonema há 25 anos. Pedi perdão por todas as minhas falhas", contou.

O Papa realizou esta visita a Fátima sob o lema "Com Maria, peregrino na esperança e na paz".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório