Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 23º

Edição

Mélenchon pede prudência porque faltam resultados de grandes cidades

O candidato de esquerda Jean-Luc Mélenchon evitou hoje dar crédito às sondagens que o colocam fora da segunda volta das eleições presidenciais francesas e pediu "prudência" por ainda faltar escrutinar as grandes cidades.

Mélenchon pede prudência porque faltam resultados de grandes cidades

"Não damos crédito ao que sai com base em projeções. Os resultados das grandes cidades ainda são desconhecidos. Apelo a que se aguarde e à prudência dos comentadores", disse Mélenchon, líder do França Insubmissa, numa mensagem publicada na rede social Facebook.

As projeções dão ao candidato um apoio eleitoral entre 19% e 20%, praticamente empatado com o conservador François Fillon e a três ou quatro pontos de Emmanuel Macron (centro) e de Marine Le Pen (extrema-direita), que deverão passar à segunda volta das eleições presidenciais em França, a 07 de maio.

De acordo com o diretor de campanha de Mélenchon, o candidato de esquerda não deverá falar aos seus apoiantes antes das 22:00 em França, menos uma hora em Lisboa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório