Caçador furtivo pode ter sido comido por dois crocodilos no Zimbabué

Restos mortais humanos foram encontrados dentro de dois crocodilos e estão a ser analisados.

© Facebook
Mundo Investigação

Scott Van Zyl, um caçador furtivo de 44 anos de idade, pode ter sofrido o mais trágico dos finais. O homem havia sido dado como desaparecido na semana passada após ter ido num safari de caça com um guia e uma matilha de cães.

PUB

O empresário sul-africano, diz o Telegraph, tinha ido numa direção diferente do seu guia depois de saírem do jipe e os cães regressaram sem ele. Foi acionada de imediato uma equipa de resgate para encontrar o homem.

Agora, as autoridades acreditam que este possa ter sido atacado por crocodilos. Foi encontrado o rasto das suas pegadas que levava até às margens do rio Limpopo. A polícia disparou sobre dois crocodilos, dentro dos quais foram encontrados restos mortais humanos. Estão a ser conduzidos testes forenses para aferir se se trata de Van Zyl.

O site britânico avança que, no último mês, pelo menos quatro pessoas foram mortas por crocodilos no Zimbabué.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser