Meteorologia

  • 24 JUNHO 2017
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 22º

Edição

Primeira fase da mais vasta operação de evacuação na Síria chega ao fim

A primeira fase da maior operação de evacuação de sempre de cidades sírias sitiadas foi hoje concluída, tendo ficado manchada por um atentado que matou 150 pessoas, atribuído por Bashar al Assad ao braço sírio da Al Qaeda.

Primeira fase da mais vasta operação de evacuação na Síria chega ao fim
Notícias ao Minuto

18:42 - 21/04/17 por Lusa

Mundo Guerra

Esta fase da operação salda-se pela retirada de quase 11 mil pessoas desde o seu início, no passado dia 14, de localidades controladas quer pelos rebeldes como pelas forças governamentais, e materializa a primeira etapa de um acordo entre as partes beligerantes.

A operação foi manchada no passado dia 15 de abril por um atentado que fez, de acordo com um novo balanço da Organização Síria dos Direitos Humanos (OSDH), 150 mortos, entre os quais, 72 crianças.

Esta fase foi a mais importante de entre uma série de evacuações de localidades em todo o país, sobretudo rebeldes, acordadas entre as partes.

De acordo com a agência estatal síria, Sana, a primeira fase do acordo - correspondente à saída dos habitantes de Foua e Kafraya (as localidades mais afetadas pelo atentado de 15 de abril, de onde era provenientes 109 das pessoas mortas), na província de Idleb, e retirada dos habitantes das localidades rebeldes de Zabadani, Serghaya, Jabal Charqi e Madaya, na província de Damasco-, "chegou ao fim".

A OSDH fez saber também que todos os autocarros que transportaram as populações retiradas das localidades controladas quer pelos rebeldes como pelas forças governamentais chegaram ao seu destino final. As populações das localidades pró-regime foram levadas para Alepo e os habitantes das localidades rebeldes chegaram às localidades na província de Idled controladas pelas forças rebeldes.

Campo obrigatório